a impotência pode ser curada!

Há poucas coisas que os homens temem mais do que se o verdadeiro protagonista debaixo do cobertor sofresse de medo, justamente quando a cortina deveria subir. Mandom de despedida. Adeus sexo de sonho. Ganhe Presença de Humor. O resto da vida será caracterizado pelo isolamento e abstinência.

Embora a impotência possa afetar a todos, talvez seja a doença que a maioria dos tabus rodeia, e a maioria reluta em dizer até mesmo a sua melhor amiga sobre a impotência – sim, muitos de nós somos tão estúpidos que acreditamos que nós podemos manter isso em segredo para o nosso parceiro.

Portanto, pode-se sentir facilmente sozinho, se o pequeno patife não quiser, como se quer. No entanto, você pode ter certeza de que, mais cedo ou mais tarde, estará falhando. É um grande número de homens que, em algum momento de suas vidas, experimentam uma séria e prolongada impotência.

No entanto, há uma boa notícia: a impotência pode ser curada! Em uma grande parte dos casos, é possível fazer algo sobre o problema, independentemente de a causa ser física ou mental. E então não estamos falando apenas do agora mundialmente famoso Viagra.

Como você pode lidar melhor com problemas de ereção?

Problemas persistentes de ereção podem ser irritantes para você e seu parceiro. Com essas dicas, você já está indo muito longe para remediá-los em certos casos:

Fale sobre isso : discuta problemas de ereção com seu parceiro. Por causa disso, você corre menos chances de que sua autoconfiança seja abalada. Pesquise em conjunto soluções para relaxar e reduzir os fatores de estresse.

Viver saudável : tente estar em forma e relaxado durante o sexo. Uma porção diária de exercício pode beneficiar consideravelmente a sua aptidão sexual.

Faça sentido do sexo : estimule a sua imaginação (e a do seu parceiro) com, por exemplo, fotos, uma história erótica ou um filme.

Se os problemas de ereção persistirem, pode haver um problema médico. Por exemplo, uma condição crônica inativa, como diabetes, doença cardiovascular, esclerose múltipla … ou um problema psicológico mais profundo, como a depressão. Então você pode discutir melhor o problema com seu médico , preferencialmente junto com seu parceiro. Os médicos geralmente têm muita experiência com pacientes com problemas de ereção e são mais capazes de avaliar a gravidade e o tratamento adequado. O seu médico pode receitar medicamentos, se necessário, ou encaminhá-lo a um urologista ou sexólogo.

DISFUNÇÃO ERÉTIL

Quando há uma disfunção erétil, um homem tem dificuldade em contrair uma ereção ou manter uma ereção suficiente para uma atividade sexual satisfatória. Pode ser que o pênis não fique suficientemente rígido para penetrar ou que o pênis relaxe para a gozação. Também é possível que o pênis não se torne rígido.